Home Desporto Paraciclismo na primeira pessoa… na voz do atleta Diogo Oliveira
Paraciclismo na primeira pessoa… na voz do atleta Diogo Oliveira

Paraciclismo na primeira pessoa… na voz do atleta Diogo Oliveira

0
0

Um breve resumo da 4ª Taça de Portugal de Paraciclismo em Albergaria a Velha, no dia 30 de julho de 2017.

O tempo não prometia uma prova fácil pois, durante o caminho de deslocação de Amarante para Albergaria a Velha, verificámos que começou a ficar escuro e começou a chover. Íamos ter uma prova perigosa pois, com o piso molhado e alguns atletas correndo em Handbikes (bicicletas com três rodas), iríamos fazer Drift…

Estas bicicletas muito facilmente atingem velocidades a rondar 30/40km hora…

Mas seguindo para a prova em si, no começo da prova eu sentia-me bem; arranquei de forma rápida, o que me proporcionou algum tempo num ritmo elevado e controlado. Com o decorrer da prova, isto na 2/3 volta, verifiquei que não conseguia manter o ritmo; então tive de baixar o ritmo e tentar andar ao ritmo do meu colega Açoriano (Rúben Garcia) atleta de escalão diferente H4 e andámos o resto da prova toda juntos..

Ao longo da prova, a chuva parou. O sol apareceu e começámos a poder arriscar mais com as nossas bicicletas, pois o asfalto já não estava tão perigoso para a prática…

Consegui um 2º Lugar. Tenho melhorado de prova para prova mas continua a luta para melhorar cada vez mais.

Agora só me resta uma prova para acabar a época de 2017.

Irei pensar arranjar apoios para, na época de 2018, fazer provas internacionais, pelo que irei tentar fazer contactos com empresas para obter patrocínios para a nova época que se avizinha…

Pois, para tentar dar tudo por tudo para, quem sabe? chegar aos Jogos Paraolímpicos (Tóquio 2020). Para tal, tenho de fazer provas internacionais e pontuar para o país…

Irei sempre dar o melhor de mim para honrar todos os que estão comigo.